Ilhas Virgens Britânicas

Abril/2018

Velejamos de St Barths para BVI (British Virgin Islands), passando por St Martin que, infelizmente, sofreu muito com o furacão de 2017.

Partindo de St Martin, velejamos cerca de 80NM em um só dia, saindo ao amanhecer e chegando ao entardecer. 

E então chegamos no paraíso dos veleiros! Onde ficaríamos por um mês inteiro e onde receberíamos amigos e familia para explorar esse lugar incrível.

Fizemos bons amigos, mergulhamos muito, navegamos de ilha em ilha, fizemos muitos jantares gostosos, bebemos vinhos, conhecemos praias lindíssimas, fizemos muitas trilhas com a kira e agradecemos muito por ter o privilégio de viver tudo isso!

Os dias eram quase todos de sol e o mar estava quase sempre uma piscina nas ancoragens. 

Teve uma ancoragem que gostamos tanto, que passamos uma semana sem sair de lá. Soltávamos a kira pela manhã na praia deserta, e ela voltava nadando a tarde, quando bem entendia.

Receber hospedes em lugares como esse é a melhor sensação do mundo. Poder dividir, com boa companhia, esses paraísos... ensinar a velejar... ver no rosto das pessoas a felicidade de descobrir uma nova forma de viver... vivendo com menos... e tendo este contato forte com a natureza... é bom demais!!!

Talvez um video ajude a ter uma melhor ideia do que é este arquipélago Caribenho.

O mês que ficamos por essas ilhas, nem se quer entramos num carro ou ônibus. Dependíamos só do nosso Beluga e do botinho. 

Os furacões de 2017 passaram por aqui e causaram um enorme prejuízo! Ficamos muito tristes com as cenas que vimos e historias que ouvimos. Nessas horas vemos a real força da natureza. Mas por outro lado ficamos felizes em ver as pessoas se reerguendo, com um astral bom, a cidade sendo reconstruída, e a natureza ainda com sua beleza de antes. 

Até que em maio tivemos que despedir de BVI para voltar rumo ao sul do Caribe, onde encontraríamos a familia do Guy em Guadalupe, e então continuaríamos descendo até uma zona menos propicia a ter tornados, pois a época deles está a caminho.